Isso é óbvio e lógico. Qualquer um com um mínimo de conhecimento em bioquímica sabe que anticoncepcional tem estrogênio, que é antagonista da testosterona, o hormônio masculino e responsável pelo desenvolvimento da musculatura.

Segue abaixo a transcrição da “descoberta”:

Mulheres jovens que usam pílula anticoncepcional têm mais dificuldades de ganhar massa muscular com exercícios do que aquelas que não tomam a pílula, segundo estudo da Universidade Texas A&M, nos Estados Unidos.

A análise incluiu 73 mulheres saudáveis com idades entre 18 e 31 anos que fizeram exercícios de resistência (como musculação) três vezes por semana durante dois meses e meio e que foram incentivadas a ingerir bastante proteína, para ganho muscular. E os resultados indicaram que aquelas que tomavam pílula anticoncepcional tiveram menor ganho de massa muscular – 2,1%, contra 3,5% daquelas que não usavam contraceptivos orais.

Essa grande diferença foi surpresa para os pesquisadores, que também descobriram que essas mulheres teriam menores níveis sanguíneos de três hormônios “construtores de músculo” e maior concentração de um hormônio “quebra-músculos”. Isso, segundo eles, poderia explicar a relação entre o uso da pílula e menor ganho muscular.

Leia a notícia original aqui

[Voltar]

Categoria: Ginecologia