Dez diretivas da pessoa de ciências

Aula inaugural do Curso de Medicina da Faculdade Evangélica de Medicina do Paraná, em 05 de março de 1981, ministrada pelo Prof. Dr. AURÉLIO BOLSANELLO.

1 – Em Ciências, tudo é apenas provisório. Ao dogmatismo científico, prefira sempre o questionamento metódico. O que se afirma agora pode ser desmentido daqui a pouco; o que se nega pela manhã, pode ser confirmado à tarde.

2 – Não existem ciências isoladas. Toda questão científica é, pelo menos, um cubo, tem seis faces. Fixar-se a uma só face, sem perceber as demais é ter uma visão limitada, é ter uma idéia só, é ser fanático.

3 – Nos domínios científicos mesmo as autoridades podem ser contestadas … Em termos! Conteste com superioridade, com inteligência, com penetração. Contestar de forma grosseira, insultando, depredando, conspurcando, é falta de inteligência.

4 – Não seja um tricoteiro (que faz tricô) da ciência. Enxergue além da proveta, do raio X, do gráfico, da estatística, do teste. O maior laboratório ainda é o cérebro humano. Com ele veja no invisível, veja através, veja no infinito. Lembre-se que sim é apenas uma afirmação e não é apenas uma negação: justifique seu posicionamento. Não seja um eterno repetidor do que já disseram ou fizeram. Você não diz nada? Você não faz nada?

5 – Tenha horror à mediocridade! Vazio e convencido o medíocre não passa de um pseudo-profissional, cheio de importância mas nulo de eficiência. É água estagnada a se corromper. Então, quando assume o posto de mando, é pau na roda do progresso.

6 – O que se estuda e se ensina deve estar de acordo com a evolução científica de hoje. Ser atualizado é um dever. Livros, poucos e bons, pois em geral, eles se repetem. A atualização está na revista especializada, no congresso, no convívio com os colegas da mesma área de trabalho.

7 – Infelizmente nossa língua é um fator de limitação. Conheça uma língua estrangeira científica.

8 – Cultue a beleza que pressupõe a ordem e a limpeza. A desordem, o ambiente sujo depõe contra seus integrantes. Lembre-se que todo equipamento tem um jeito certo de ser utilizado e noventa e nove maneiras erradas que o danificam.

9 – Respeite o espírito de religiosidade de qualquer pessoa. Não haverá povo sem crença ou indivíduo sem fé, enquanto não houver uma explicação cabal e definitiva para o fenômeno vida e para o fenômeno universo.

10- Jamais transforme questões de princípios em questões de conveniência. É freqüente encontrarmos pessoas que tem apenas direitos; relegam os deveres aos outros. Antes de tudo se deve ser justo para com todos. Primeiro justiça e depois as outras considerações.

[Voltar]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *