Reação tecidual

Durante a gestação, focos de decídua podem se formar em qualquer epitélio que deriva do ducto mülleriano. Quando isto ocorre na cérvix, as células descamadas da área são características, mas podem causar preocupação se não reconhecidas.

104. Reação decidual. Este campo mostra células descamadas. Uma é parcialmente obscurecida por uma célula escamosa, mas a outra pode ser vista por ser uma célula grande com citoplasma claro e um núcleo granular e pálido com grande nucléolo rosa. Neste caso o núcleo é binucleado. (X 250)

105. Reação decidual: colposcopia. Neste caso a reação decidual é apresentada como uma lesão em forma de cúpula branda na cérvix a qual pode ser vista a olho nu, causando suspeita clínica de neoplasma. (SF 0,9%, X 160)

106. Reação decidual: biópsia colposcópica. Biópsia dirigida mostra um epitélio escamoso delgado sobre o estroma edemaciado o qual contém células deciduais. ( H&E, X 62)

107. Reação decidual: biópsia colposcópica. Em maior aumento as células deciduais na biópsia podem ser comparadas com as células da lâmina 104. (H&E, X 125)

[Voltar]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *